Bíblia Sagrada – Versículos

Aviso: *privacidade não incluída neste produto

Bíblia Sagrada – Versículos

Data da avaliação: 20 de Abril de 2022

|
A Mozilla investigou por 8 horas
|

Opinião da Mozilla

|
Votos das pessoas: Assustador demais

Há uma série de aplicativos bíblicos disponíveis com dezenas de milhões de downloads e práticas de privacidade supostamente questionáveis. Não conseguimos avaliar todos os aplicativos da Bíblia, então escolhemos um para avaliar para dar aos usuários uma ideia de nossas preocupações e o que eles devem procurar ao escolher um aplicativo da Bíblia. O aplicativo Bíblia Sagrada – Versículos do iDailybread tem mais de 50 milhões de instalações somente na loja Google Play. É um aplicativo muito popular que diz que "mantém o ensino de Deus ao seu alcance", possibilitando que os usuários estudem, leiam e ouçam a Bíblia a qualquer momento, pois ele pode ser usada sem acesso à internet. O aplicativo é gratuito para download e oferece uma assinatura de US$5 por mês para usar sem anúncios.

Nossa preocupação é que foram levantados alertas sobre quem realmente está por trás deste aplicativo. Parece que a empresa é uma organização de jogos móveis de difícil acesso localizada em Hong Kong e sua política de privacidade levanta algumas preocupações para nós com relação a para onde suas informações pessoais estão indo e como exatamente elas são usadas. Vamos apenas acrescentar, com todos os aplicativos, incluindo aplicativos baseados na Bíblia, que os usuários devem fazer sua pesquisa antes de fazer o download.

O que pode acontecer se algo der errado?

O que nos preocupa no aplicativo Bíblia Sagrada do iDailyBread? Bem, para começar, é preocupante para nós que a empresa que faz o aplicativo seja um pouco misteriosa. O iDailyBread é supostamente uma empresa chinesa de jogos para celular, e algumas dessas empresas têm um histórico de criação de aplicativos que fazem muita coleta de dados. Levantamos essa preocupação porque houve uma série de denúncias, incluindo este artigo do Buzzfeed News, descrevendo quantos aplicativos cristãos têm segmentado usuários para potencial aproveitamento de dados, atingindo aqueles que oram.

Com esse cuidado em mente, o que encontramos na política de privacidade do iDailyBread? Para começar, é uma política muito curta, às vezes vaga. Ele diz que pode coletar informações pessoais, como nome e email. Ele coleta o ID do dispositivo e a localização do GPS de você também. Ele continua dizendo que combina as informações que coleta sobre você com informações adicionais de terceiros para "fornecer a você uma melhor experiência e melhorar a qualidade de nossos serviços", o que presumimos que possa incluir propaganda direcionada, personalização e muito mais. A empresa também diz que permite que empresas terceirizadas "coletem e usem informações não pessoalmente identificáveis durante seu tempo no aplicativo para fornecer anúncios sobre produtos e serviços que possam ser de maior interesse para você".

Assim, ele coleta suas informações e compartilha informações com terceiros para fins publicitários direcionados aos seus interesses. Isso não é ótimo e pode não ser o que você espera ao baixar um aplicativo bíblico para ajudar no estudo bíblico diário. Quanto a optar por não participar, ele diz: "Você pode se recusar a enviar informações pessoais para qualquer um dos nossos serviços, caso em que talvez não possamos fornecer esses serviços para você". O que pode significar que você pode optar por não dar a eles suas informações se você optar por não usar seus serviços.

Há algumas coisas preocupantes que faltam na política de privacidade do aplicativo também. Em nenhum lugar o iDailyBread afirma especificamente que eles não vendem dados do usuário, o que é algo que gostamos de ver claramente declarado. Ele também não menciona como lida com a coleta de dados e a privacidade das crianças, o que é outro sinal de alerta para um aplicativo direcionado a "todos" na loja de aplicativos. Um outro alerta vermelho que realmente não nos agrada: a única opção para fazer login no aplicativo parece ser usando seus logins do Facebook ou do Google, o que significa que essas empresas de anúncios podem coletar ainda mais dados sobre você e seu uso do aplicativo bíblico. Nós aqui em *Privacidade não incluída recomendamos nunca usar seus logins de conta de redes sociais para outros aplicativos.

Nenhum desses alertas nos faz sentir bem com relação a sua privacidade enquanto você usa o aplicativo Bíblia Sagrada do iDailyBread. Talvez ser antiquado seja melhor com seu estudo bíblico? Anunciantes, profissionais de marketing e corretoras de dados nunca saberão quando e com que frequência você abre sua Bíblia física. O que significa que eles não podem segmentar você com base em quanto eles pensam que você está perto de Deus. Isso soa como uma coisa boa para nós.

Dicas para se proteger

  • Estude sua Bíblia física em vez desta versão digital que pode estar coletando muitas de suas informações pessoais para direcionar anúncios a você.
  • mobile

Pode me bisbilhotar? informações

Câmera

Dispositivo: Não aplicável

Aplicativo: Não

Microfone

Dispositivo: Não aplicável

Aplicativo: Não

Rastreia localização

Dispositivo: Não aplicável

Aplicativo: Sim

O que pode ser usado para se inscrever?

Você só pode se inscrever com o Facebook ou o Google.

Que dados a empresa coleta?

Como a empresa usa esses dados?

A Bíblia Sagrada pode combinar suas informações com informações de terceiros para fornecer a você uma melhor experiência e melhorar a qualidade do seu serviço.

Quando você acessa um aplicativo bíblico iDailybread, ele podem coletar seu ID de dispositivo exclusivo ("UDID") e/ou endereço IP e/ou localização GPS. Ele usa essas informações para fornecer uma experiência personalizada para você.

A Bíblia Sagrada permite que empresas terceirizadas coletem certas informações quando você acessa seu site para seu próprio uso, sujeito às suas próprias políticas de privacidade. Essas empresas coletam e usam informações não pessoalmente identificáveis durante seu tempo no aplicativo para fornecer anúncios sobre produtos e serviços que possam ser de maior interesse para você.

A empresa não afirma claramente que não venderá seus dados, o que gostamos de ver incluído em uma política de privacidade.

A menos que uma permissão explícita seja obtida de você, ela restringe o acesso a informações pessoais a seus funcionários, fornecedores e agentes que precisam saber essas informações para operar, desenvolver ou melhorar seus serviços. Esses indivíduos estão vinculados a obrigações de confidencialidade e podem estar sujeitos a punição, incluindo rescisão e processo criminal, se não cumprirem essas obrigações.

Como você pode controlar seus dados?

A Bíblia Sagrada faz esforços de boa-fé para fornecer acesso às suas informações pessoais e para corrigir esses dados, se estiverem incorretos, ou para excluir esses dados a seu pedido, se não for exigido que sejam retidos por lei ou para fins de serviço legítimos.

Nenhuma informação de retenção é indicada.

Qual é o histórico conhecido da empresa na proteção de dados dos usuários?

Médio

Nenhum incidente conhecido de privacidade ou segurança foi descoberto nos últimos 3 anos.

Informações de privacidade infantil

Não encontramos informações sobre privacidade infantil em sua política de privacidade.

Este produto pode ser usado offline?

Sim

Informações de privacidade fáceis de entender?

Não

Links para informações de privacidade

Este produto atende aos nossos padrões mínimos de segurança? informações

Desconhecido

Criptografia

Não foi possível determinar

Senha forte

Não aplicável

Apenas o login do Google e do Facebook está disponível

Atualizações de segurança

Não foi possível determinar

Gerencia vulnerabilidades

Não foi possível determinar

Política de privacidade

Sim

O produto usa inteligência artificial? informações

Não

*privacidade não incluída

Mergulhe mais fundo

  • Who’s really behind the Bible app going viral around the world?
    Rest of World O link é aberto em uma nova aba
  • Religious apps with sinful permissions requests are more common than you think
    CNET O link é aberto em uma nova aba

Comentários

Tem um comentário a fazer? Nos diga.