Amazon Kindle

Aviso: *privacidade não incluída neste produto

Amazon Kindle

Amazon
WiFi Bluetooth

Data da avaliação: 9 de Novembro de 2022

|
A Mozilla investigou por 10 horas
|

Opinião da Mozilla

|
Votos das pessoas: Não é assustador

Lembra quando você realmente lia livros? Antes do Twitter e da Netflix e da sua capacidade de concentração de 17 segundos. O Kindle -- Amazon agora oferece o Kindle, Kindle Paperwhite, Kindle Oasis e Kindle Kids -- pode ser a coisa certa para deixar seu cérebro novamente em forma para ler livros. Porque isso é realmente tudo o que o Kindle faz - livros. Sem vídeos, aplicativos ou navegação na web. Que ideia inovadora!

O que pode acontecer se algo der errado?

A Amazon tem orgulho de declarar que não está no negócio de vender suas informações pessoais para terceiros. Isso é verdade. No entanto, Amazon não precisa vender seus dados para terceiros quando tem seu próprio negócio de publicidade e varejo nos quais usar seus dados. Porque a Amazon está no negócio de vender mais coisas para você. E não é apenas a Amazon que tem esse objetivo. Ela tem um programa completo para que terceiros também vendam coisas para você nos sites deles. E esses vendedores podem usar os dados que a Amazon coleta sobre você para lhe direcionar os produtos que querem vender. Assim, mesmo que a Amazon não esteja no negócio de vender suas informações pessoais, eles estão no negócio de vender acesso às suas informações a terceiros que os usam para lhe direcionar anúncios e vender mais coisas para você.

E para fazer isso, a Amazon gosta de coletar uma enorme quantidade de dados sobre você. Coisas como: registros de seus hábitos de compras, os livros que você lê, os programas de TV que você assiste e quando você os assiste, a música que você reproduz, os podcasts que você ouve, suas solicitações de pesquisa Alexa, quando você liga e desliga suas luzes, quando você tranca suas portas, identificadores como seu nome, endereço, números de telefone ou endereço IP, sua idade, gênero, sua localização, informações audiovisuais como as solicitações Alexa ou fotos que você tira, os nomes e números de pessoas listadas em seus contatos. A lista continua sem parar.

E o que a Amazon faz com todas essas informações pessoais que coleta a seu respeito? Bem, ela as utiliza para direcionar publicidade para você, é claro. MUITA publicidade. Ela diz que não usa informações que o identifiquem pessoalmente para exibir anúncios baseados em interesses (é claro, temos que acreditar na palavra dela). A empresa também usa suas informações pessoais para identificar suas preferências e personalizar produtos e serviços para mantê-lo usando esses produtos e serviços o máximo possível. E diz que pode compartilhar essas informações pessoais com terceiros.

E quando dizemos terceiros, não sabemos exatamente quantos, porque a Amazon não compartilha essa informação. Presumimos que são muitos porque ela afirma que pode compartilhar seus dados com qualquer pessoa de todas as empresas cujos serviços ela utiliza para fornecer serviços de terceiros. Isso engloba empresas que a ajudam a fazer marketing, gerenciar riscos de crédito, analisar dados, enviar correspondência e e-mail e muito mais. Depois, há os terceiros que oferecem serviços, produtos, aplicativos e habilidades Alexa por meio da Amazon Services. Há também os parceiros de negócios e outras empresas que a Amazon compra que também podem ter acesso aos seus dados. Considerando que a Amazon é um império gigantesco – Ring, Blink, Eero, Whole Foods e muito mais –, seus dados podem potencialmente acabar em inúmeros lugares.

Vamos falar um pouco sobre a Alexa. Enquanto o seu Kindle não vem com Alexa integrada (eba!), quase tudo o mais que a Amazon vende vem com sua útil inteligência artificial como parte do pacote - incluindo tudo, desde seu alto-falante inteligente Echo Dot até seus fones de ouvido e seu termostato. E Alexa vem com seu próprio conjunto de perguntas e preocupações. A Amazon torna possível excluir automaticamente as gravações de voz imediatamente após o processamento. Esse é um bom recurso após a controvérsia em torno de revisores humanos ouvindo gravações de voz de Alexa. No entanto, a Amazon diz que quando você exclui suas gravações de voz, eles ainda podem manter os dados das interações que essas gravações acionaram. Então, se você comprar um teste de gravidez através da Amazon Alexa, a Amazon não vai esquecer que você comprou aquele teste de gravidez só porque você pede a eles para excluir a gravação de voz dessa compra. Esse registro da compra são dados que eles têm sobre você daqui para frente e podem usar para segmentar você com anúncios para mais coisas.

E depois há o Alexa Skills, pequenos aplicativos que você usa para interagir com a Alexa. Essas skills podem ser desenvolvidas por praticamente qualquer pessoa com, hmmm, habilidades. As políticas de privacidade de terceiros de muitas das skills são enganosas, incompletas ou simplesmente inexistentes, de acordo com um estudo recente. Quando seus dados são processados por uma skill da Alexa, excluir suas gravações de voz não apaga os dados que o desenvolvedor dessa skill coleta sobre você. Com mais de 100.000 skills da Alexa por aí, muitas delas desenvolvidos por terceiros, agora seus dados estão passeando em lugares que você nunca imaginou.

Ah, e não podemos esquecer a trajetória da Amazon na proteção e no respeito aos dados de seus clientes. Isso também traz alguns sinais vermelhos. Estes são alguns dos problemas que vimos ao longo dos últimos anos. Teve o funcionário da Amazon que foi pego roubando as informações pessoais de mais de 100 milhões de clientes da CapitalOne. E essa não foi a única vez que funcionários da Amazon com acesso a muitos dados de clientes foram pegos vazando informações pessoais de clientes. Na verdade, isso já aconteceu várias vezes. E depois houve o bug de segurança da Alexa, que permitiu o acesse de hackers às informações pessoais dos usuários e até mesmo a seu histórico de conversas. Esses são alguns dos problemas de privacidade e segurança conhecidos que a Amazon teve (pode haver outros que sejam desconhecidos). E nós entendemos: a Amazon é uma grande empresa com muitos produtos e funcionários e é impossível proteger tudo 100% do tempo. Mas essa é a questão. Quando você coleta uma quantidade tão grande de informações pessoais, você tem que ser supermegaextracuidadoso para mantê-las seguras em todos os lugares, o tempo todo. A Amazon demonstrou que nem sempre consegue fazer isso.

Então, qual é a pior coisa que pode acontecer? O Kindle eReader realmente parece ser um produto bastante seguro. Não há Alexa integrada, então você não precisa se preocupar com pedidos de voz sendo rastreados ou habilidades Alexa bisbilhotando você. Você pode ler com o WiFi e o Bluetooth desativados. Apenas certifique-se de configurar um código de acesso se você viajar com este dispositivo para protegê-lo de ser roubado e alguém comprar muitos livros em sua conta Amazon. Supomos que é possível que a Amazon possa saber tudo sobre quais livros você gosta de ler, mostrar apenas romances em suas recomendações de compras, você acabar lendo romances demais e desenvolvendo uma visão de mundo irrealista sobre relacionamentos românticos, e como nada nunca faz jus a essas expectativas irrealistas, então você vive sua vida inteira na sozinho. OK, isso não é provável que aconteça (esperamos!). E se você quiser que a Amazon pare de tentar vender mais coisas como mais romances, você pode (e deve!) optar por não receber e processar dados. Porque, embora a Amazon não venda suas informações pessoais, eles com certeza usam isso para direcionar mais coisas para você comprar.

Mais uma observação sobre a Amazon do ponto de vista de um pesquisador de privacidade. Tentar interpretar a louca rede de políticas de privacidade, FAQs de privacidade, declarações de privacidade, avisos de privacidade e documentação de privacidade da Amazon por todo o seu vasto império é um pesadelo. São tantos documentos que se ligam a outros documentos que se interligam a ainda mais documentos, que entender e dar sentido às práticas de privacidade reais da Amazon parece quase impossível. Será que isso é intencional para nos confundir e assim desistirmos? Ou será que talvez até mesmo os próprios funcionários da Amazon não conhecem e entendem a vasta rede de políticas de privacidade e documentações espalhadas por todo o lugar? Independentemente disso, este pesquisador de privacidade adoraria ver a Amazon se sair melhor na hora de dar acesso às suas políticas de privacidade para os consumidores que elas impactam.

Dicas para se proteger

  • Revise sua configuração de privacidade e desative o máximo de coleta e processamento de dados que você se sentir confortável.
  • Lembre-se de que as preferências de privacidade da Amazon são específicas do dispositivo, portanto, você precisa definir suas preferências de privacidade em todos os seus dispositivos Amazon individualmente. O que, você não tinha nada melhor para fazer neste fim de semana, certo?
  • Ao iniciar uma inscrição, não concorde com o rastreamento de seus dados.
  • Não se inscreva com contas de terceiros. É melhor fazer o login somente com e-mail e senha forte.
  • Use uma senha forte! Você pode usar uma ferramenta de controle de senha como 1Password, KeePass etc.
  • Use os controles de privacidade do seu dispositivo para limitar o acesso a seus dados pessoais por meio do app (não dê acesso à sua câmera, microfone, imagens e localização, a não ser que seja necessário)
mobile Privacidade aviso Segurança Inteligência artificial

Pode me bisbilhotar? informações

Câmera

Dispositivo: Não

Aplicativo: Não aplicável

Microfone

Dispositivo: Não

Aplicativo: Não aplicável

Rastreia localização

Dispositivo: Sim

Aplicativo: Não aplicável

O que pode ser usado para se inscrever?

Que dados a empresa coleta?

Como a empresa usa esses dados?

Nós gongamos este produto por utilizar dados pessoais para fins de publicidade direcionada e combinar dados sobre você com dados recebidos de terceiros para fins de publicidade direcionada.

A Amazon combina dados sobre seus usuários com dados de terceiros, para fins publicitários: "Alguns terceiros podem fornecer à Amazon informações anônimas sobre você (como informações demográficas ou sites onde foram mostrados anúncios) a partir de fontes offline e online que podemos usar para lhe oferecer publicidade mais relevante e útil".

"Nos doze meses anteriores à data efetiva desta Divulgação, a Amazon não vendeu nenhuma informação pessoal dos consumidores, conforme esses termos são definidos sob a Lei de Privacidade do Consumidor da Califórnia."

"A informação sobre nossos clientes é uma parte importante do nosso negócio, e não estamos no negócio de vender as informações pessoais de nossos clientes para terceiros."

"As informações pessoais que a Amazon divulgou aos terceiros identificados em “A Amazon compartilha suas informações pessoais?” seção do Aviso de Privacidade da Amazon sobre consumidores para fins comerciais nos doze meses anteriores à data de vigência desta Divulgação se enquadram nas seguintes categorias estabelecidas pela Lei de Privacidade do Consumidor da Califórnia, dependendo de qual Serviço da Amazon é usado:
- identificadores como seu nome, endereço, números de telefone ou endereço IP, por exemplo, se usarmos uma operadora terceirizada para entregar seu pedido;
- informações pessoais, como número de cartão de crédito, por exemplo, se usarmos um processador de pagamento terceirizado;
- sua idade, gênero ou outras classificações protegidas, por exemplo, se você optar por participar de uma pesquisa distribuída por um provedor de pesquisa;
- informações comerciais, como detalhes de um produto ou serviço que você adquiriu se um provedor de serviços terceirizado estiver ajudando a fornecer esse produto ou serviço a você;
- informações de atividade na internet ou em outra rede eletrônica, como se usássemos um provedor de serviços para nos ajudar a reunir relatórios de falhas para analisar a saúde de nossos dispositivos e serviços;
- dados de geolocalização, como fornecer a um parceiro de entrega a localização do seu veículo para entregar um pacote se você usar a Amazon Key;
- informações de áudio ou visuais, por exemplo, se um provedor de serviços revisar gravações de chamadas telefônicas de atendimento ao cliente para fins de garantia de qualidade, ou se usarmos um provedor de serviços para atender ao seu pedido para imprimir imagens da sua conta do Amazon Photos;
- informações educacionais, por exemplo, cursos que você pode nos instruir a compartilhar com o operador de uma habilidade educacional da Alexa; e
- informações profissionais, por exemplo, se fornecermos os detalhes da sua conta a um provedor de serviços para verificação como parte da inscrição para uma conta do Amazon Business."

Como você pode controlar seus dados?

Nós gongamos este produto por não garantir que todos os usuários tenham o mesmo direito de acessar e excluir seus dados, independentemente de onde eles vivem.

Para usuários fora da Califórnia e da Europa, a Amazon não deixa claro se podem exercer seus direitos de exclusão: "Além disso, na medida exigida pela lei aplicável, você pode ter o direito de solicitar acesso ou excluir suas informações pessoais. Se você deseja fazer qualquer uma dessas coisas, entre em contato com o Atendimento ao Cliente. Dependendo das suas escolhas de dados, certos serviços podem ser limitados ou ficarem indisponíveis."

Um usuário pode optar por não enviar gravação de voz para a nuvem: "Em dispositivos suportados, você pode ativar Não Enviar Gravações de Voz, então o áudio de suas solicitações para Alexa (por exemplo, "Alexa, como está o tempo?") serão processados no dispositivo e não enviados para a nuvem. Uma transcrição de texto do seu pedido será enviada para a nuvem para que Alexa possa responder ao seu pedido. Você poderá revisar e excluir essas transcrições em seu Histórico de Voz. A Alexa ainda enviará áudio para a nuvem para recursos que exigem a transmissão de áudio, como quando você faz uma chamada ou envia uma mensagem ou anúncio via Alexa. E, se você criar um ID de voz, as gravações de áudio usadas para ensinar sua voz para a Alexa serão enviadas para a nuvem. A Alexa também enviará áudio para a nuvem se você habilitar o Alexa Guard, inclusive para Alertas Inteligentes e chamadas de emergência com o Guard Plus."

Você pode revisar e excluir suas gravações de voz, uma por uma, por intervalo de datas ou todas de uma vez. Você também pode configurar uma exclusão automática para excluir automaticamente gravações com mais de 3 ou 18 meses. Você pode optar por não salvar nenhuma gravação de voz, isso custará alguns recursos. Se você optar por não ter gravações de voz salvas, as transcrições de texto de suas solicitações ainda serão mantidas por 30 dias, após os quais serão excluídas automaticamente.

Detalhes de retenção:
"Quando você excluir as gravações de voz associadas à sua conta do Histórico de Voz, excluiremos as gravações de voz que você selecionou e as transcrições de texto dessas gravações da nuvem da Amazon. Se você optar por não ter gravações de voz salvas, as transcrições de texto de suas solicitações serão mantidas por 30 dias, após os quais serão excluídas automaticamente. Mantemos essas transcrições de texto para permitir que você analise as solicitações que faz à Alexa em seu Histórico de Voz e melhorar sua experiência na Alexa e nossos serviços. Você pode excluir as transcrições de texto a qualquer momento no aplicativo Alexa acessando Configurações > Privacidade Alexa > Analisar Histórico de Voz.

Ainda podemos reter outros registros de suas interações com a Alexa, incluindo registros de ações que a Alexa tomou em resposta à sua solicitação. Isso nos permite, por exemplo, continuar a fornecer seus lembretes, temporizadores e alarmes, processar seus pedidos, lembrar das coisas que você ensinou a Alexa e mostrar suas listas de compras e tarefas e mensagens enviadas através da Alexa Communications. Se o seu pedido foi processado por uma habilidade Alexa, excluir suas gravações de voz não exclui nenhuma informação retida pelo desenvolvedor dessa habilidade (os desenvolvedores de habilidades não recebem gravações de voz)." Isso é um problema, pois uma grande parcela de mais de 100.0000 habilidades é desenvolvida por terceiros que não estão necessariamente vinculados às políticas de privacidade da Amazon. A pesquisa da Universidade Estadual da Carolina do Norte descobriu que "23,3% das 1.146 habilidades que solicitavam acesso a dados sensíveis à privacidade não tinham políticas de privacidade ou suas políticas de privacidade eram enganosas ou incompletas. Por exemplo, alguns solicitaram informações privadas, embora suas políticas de privacidade declarassem que não estavam solicitando informações privadas." Além de políticas de privacidade enganosas, os problemas incluíam coisas como os desenvolvedores poderem reivindicar identidade falsa ("Samsung", "Apple"), várias habilidades compartilhando as mesmas palavras de gatilho Alexa, etc.

Qual é o histórico conhecido da empresa na proteção de dados dos usuários?

Precisa de melhorias

Em 2022, Paige Thompson, uma ex-funcionária da Amazon acusada de roubar as informações pessoais de 100 milhões de clientes ao invadir o gigante financeiro CapitalOne em 2019, foi considerada culpada por um júri de Seattle sob a acusação de fraude bancária e invasão de computadores.

Em julho de 2021, a Comissão Nacional de Proteção de Dados de Luxemburgo aplicou uma multa de 746 milhões de euros à Amazon por suposta violação do Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Europeia (GDPR).

Em agosto de 2020, pesquisadores de segurança da Check Point apontaram uma falha nos dispositivos domésticos inteligentes com Alexa da Amazon que poderia ter dado a hackers acesso a informações pessoais e histórico de conversas. A Amazon prontamente corrigiu a falha.

Em 2 de outubro de 2020, A Amazon demitiu um funcionário por vazar endereços de e-mail de clientes para um terceiro não revelado.

Em outubro de 2019, A Forbes noticiou que funcionários da Amazon estavam ouvindo a gravação da Amazon Cloud Cam, para treinar seu algoritmo de IA.

Em abril de 2019, foi revelado que milhares de funcionários, muitos dos quais eram prestadores de serviços e alguns nem mesmo eram contratados diretamente pela Amazon, tinham acesso a transcrições de voz e texto das interações da Alexa.

Informações de privacidade infantil

A Amazon não vende produtos para compra por crianças. Nós vendemos produtos para crianças para compra por adultos. Se você for menor de 18 anos, você só poderá utilizar o Amazon Services com o envolvimento de um dos pais ou responsável. Não coletamos intencionalmente informações pessoais de crianças menores de 13 anos sem o consentimento dos pais ou responsável pela criança. Para mais informações, consulte nossa Política de Privacidade Infantil.

Este produto pode ser usado offline?

Sim

Informações de privacidade fáceis de entender?

Não

A Amazon tem uma bagunça complicada e difícil de navegar de políticas de privacidade, avisos de privacidade, perguntas frequentes sobre privacidade e outras informações de privacidade.

Links para informações de privacidade

Este produto atende aos nossos padrões mínimos de segurança? informações

Sim

Criptografia

Sim

Utiliza criptografia em trânsito e em repouso.

Senha forte

Sim

É necessário uma conta Amazon protegida por senha para configurar um Kindle

Atualizações de segurança

Sim

Gerencia vulnerabilidades

Sim

Política de privacidade

Sim

O produto usa inteligência artificial? informações

Não

*privacidade não incluída

Mergulhe mais fundo

  • Tour Amazon’s dream home, where every appliance is also a spy
    The Washington Post
  • I Want You Back: Getting My Personal Data From Amazon Was Weeks of Confusion and Tedium
    The Intercept
  • Here’s How Amazon Tracks You in 2022 (and how to stop them)
    All Things Secured
  • Amazon Alexa Voice Data Tracking Might Lead To Privacy Issues; How To Prevent It?
    Tech Times
  • Amazon demonstrates Alexa mimicking the voice of a deceased relative
    CNBC
  • Does Amazon Sell Your Personal Information?
    DeleteMe
  • Column: Do you really want Amazon’s new drugstore knowing your medical condition?
    Los Angeles Times
  • Amazon Data Breaches: Full Timeline Through 2022
    Firewall Times
  • Alexa records you more often than you think
    Vox
  • Why Amazon is tracking every time you tap your Kindle
    The Verge
  • What type of data does Amazon collect from Kindles?
    Good E-Reader
  • Privacy Settings FAQs for Fire TV streaming media players, Fire TV Edition devices, Fire tablets and Kindle e-readers
    Amazon

Comentários

Tem um comentário a fazer? Nos diga.